Morinho paz e amor

mourinho

Depois de ter grampeado a presidente e colocado no JN, o todo poderoso justiceiro da globo resolveu seguir a fórmula de João Santana, a partir de agora, pede licença para ir ao banheiro. Vem ai a nova novela do PIG – “Morinho paz e amor” – aquele que não caga e não vaza.

Nesta quarta decretou sigilo sobre a super planilha da Odebrecht que lista mais de 200 políticos de 18 partidos. Pediu ao Ministério Público Federal que se manifeste sobre ‘eventual remessa’ da documentação ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesse formato, pretende evitar qualquer coisa que coloque em dúvida o plano B, ou seja, o impedimento da presidenta por um congresso afogado na lama.

“Prematura conclusão quanto à natureza desses pagamentos. Não se trata de apreensão no Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht “. E, sequer fala do lula, poderia ter acrescentado.

“De todo modo, considerando o ocorrido, restabeleço sigilo neste feito e determino a intimação do Ministério Público Federal para se manifestar, com urgência, quanto à eventual remessa ao Egrégio Supremo Triunal Federal para continuidade da apuração em relação às autoridades com foro privilegiado.”

Verdade Morinho? Qualquer juiz faria o mesmo. E, depois, o Ministro Aragão prometeu que se sentisse cheiro de vazamento ia cortar cabeças.

Ah! Não esquece de avisar a tropa fascista que colocaste na rua…

(clóvis veronez)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *