Papa Francisco anuncia apoio à Dilma Roussef e declara ser contra golpe

O pontífice é também argentino e mantém estreita ligação com movimentos de defesa dos direitos humanos na América Latina.
Papa Francisco anuncia apoio à Dilma Roussef e declara ser contra golpe

O vencedor do prêmio Nobel da Paz em 1980, o argentino Adolfo Pérez Esquivel revelou, em entrevista ao jornalista Darío Pignotti, do jornal Página 12, que levou à presidente Dilma Rousseff o apoio do Papa Francisco.

O pontífice é também argentino e mantém estreita ligação com movimentos de defesa dos direitos humanos na América Latina.

“O papa Francisco está muito preocupado com o que está acontecendo no Brasil; tudo isso vai trazer consequências negativas para toda a região e teremos um grave retrocesso democrático.”

Esquivel se reuniu ontem com a presidente Dilma e depois, no Senado, denunciou o golpe da tribuna, sob protestos de opositores como Ronaldo Caiado (DEM-GO), que exigiram que a palavra golpe fosse retirada das notas taquigráficas.

Esquivel disse ainda que vai escrever ao Papa sobre os acontecimentos no Brasil e afirmou que o impeachment não passa de um golpe brando. Ele também disse que Dilma é uma mulher honesta denunciada por corruptos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *