Livres atuadores pela democracia (clóvis veronez)

Reuniram-se na tarde de ontem (30) na cidade de Pelotas um grupo de trabalhadores e artistas mobilizados pelo entendimento da necessidade de defender a democracia que se vê ameaçada.LIVRES PENSADORES

Como anfitrião Henrique Mascarenhas de Souza. Em comum, entre os participantes, o sentimento e a determinação de resistir, de múltiplas formas,  ao golpe em curso no Brasil.

Sem estabelecer qualquer tipo de organicidade definitiva o grupo definiu apoio e participação em todas as ações em curso que contraponham o ataque as conquistas democráticas da sociedade brasileira.

O grupo considerou que a saída para a crise política tem de respeitar a constituição e, que qualquer alternativa que desconsidere a vontade dos 54 milhões de brasileiros que elegeram Dilma Roussef presidenta, sem a comprovação de crime, é ofensa grave a democracia e deve ser rotulada, para a opinião pública, como “GOLPE”.

De outro prisma, apontou a necessidade de acirrar a disputa por mudanças qualitativas no plano da cultura política, especialmente, via ampliação participação social e pelo reagrupamento das forças democráticas e da esquerda brasileira em torno de uma ampla reforma do sistema político.

Nova reunião do grupo, onde serão discutidas alternativas para a resistência, ficou agendada para o dia 14 de maio. Até lá, como afirmou Enilton Grill (atuador) -Nem um segundo de trégua à canalha golpista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *