Uma gente pequena tacanha e barata ( Enilton Grill)

baratos

 

Lá no final dos 80, início dos 90, o psdb ainda não era esse psdb que hoje se vê. o psdb se dizia centro-esquerda e surgiu de uma dissidência do pmdb. os peessedebistas eram peemedebistas insatisfeitos com o caráter fisiológico do pmdb (este, sim, é o mesmo de sempre, e sempre do mesmo) e acreditem! entre os pontos principais do programa do psdb estava a defesa intransigente da democracia. mas partidos são compostos por pessoas e ninguém escapa daquilo que é. um dia a máscara cai. e bastou querer eleger um presidente, sem voto suficiente, que a máscara do psdb caiu.

unas cositas más

1 o psdb é o que sempre foi, uma farsa, uma mentira, um engodo, um equívoco, um lance de oportunismo travestido de roupagem ética. pura hipocrisia.

2 talvez você não saiba, mas em 93, o psdb era um partido pequenininho e não tinha a representação que necessitava para concorrer às eleições presidenciais, foi então que surgiu a ideia de comprar deputados. cada deputado custava entre 20 e 50 mil dólares. era o preço de fhc para concorrer e se eleger presidente do brasil.

3 quatro anos depois a cotação havia subido em brasília. dois deputados venderam por duzentos mil dólares os seus votos para a emenda constitucional que tornaria possível a reeleição de fhc.

4 mas não confunda alhos com bugalhos. há deputados e deputados. os nossos são os nossos, os de vocês são os de vocês. a diferença entre uns e outros é abissal. enquanto os nossos são cidadãos sem preço, os de vocês são qualquer coisa: pequena, tacanha e barata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *