Onde estão os milhões de Cunha? Em lugar nenhum: eram uma mentira da Globo (clóvis veronez)

milhões

Onde estão os milhões de Cunhas? Em lugar nenhum: eles eram uma mentira da Globo. O Brasil não quer um presidente biônico.

Existe uma “vontade geral” incontestável no atual momento político brasileiro: a população não aprova a via golpista, construída com o apoio decisivo da mídia e em via de concretizar-se na farsa de um parlamento desmoralizado. Nem milhões de Cunhas, nem 1% de Temers. São, tão somente, uma canalha política disputando ministérios num governo ilegítimo, composto por traidores.

A Rede Globo e os seus aliados na mídia cumpriram um papel de direção política e ideológica da elite brasileira, papel militante a favor do golpe. No entanto, não dispõe da capacidade de mobilizar o apoio ao governo Temer. A divisão “idiotizada” da população entre vermelhos e verde/amarelos não se viabilizará nesse momento, pela via midiática.

Alguém consegue imaginar a possibilidade de uma convocação ao povo para que compareça as ruas em apoio ao governo pirata?  Evidente que não, nesse sentido a “vanguarda” do golpe, não pode mais nada, que não seja fazer andar a etapa seguinte – tornar Lula inelegível em 2018.

A crise assumiu contornos de legitimidade nos seus opostos.

Perceber esta realidade tornou-se o grande desafio das forças que atuam a favor do avanço democrático no Brasil.

Devolvemos ao povo sua soberania no procedimento democrático, ou vamos conceder as “famiglias” da mídia o tempo que precisam para criminalizar a resistência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *