Chama ela Temer

coisas
Acorda, Temer:
Janaína Paschoal para a Secretaria da Cultura.
Por Kiko Nogueira (DCM)
Jana no momento que que avistou um esquerdopata voando

Jana no momento que que avistou um esquerdopata voando

 

Só a corrupção, a burrice, a incompetência e o fisiologismo — esqueci alguma coisa? — conseguem explicar a ausência da professora Janaína Paschoal no governo Temer.

O que falta para ela assumir a Secretaria da Cultura

O critério é óbvio: Janaína é maluca. Ela mesma não se cansa de dar provas. Einstein definiu a insanidade como fazer sempre a mesma coisa, várias vezes, esperando obter um resultado diferente.

A autora do pedido de impeachmente insiste e insiste na tecla dos “critérios técnicos” no caso do afastamento de Dilma.

Nem ela, nem nenhum dos especialistas convocados nas comissões da Câmara e do Senado, deu uma explicação convincente disso. A tese foi enterrada definitivamente com o sincericídio de Zezé Perrella, segundo o qual Dilma foi impichada por todas as razões, exceto as pedaladas.

À Rádio Estadão, Janaína pisou um pouco mais na jaca de seu divórcio com a realidade. “Conseguimos, por meio de um processo pacífico, mostrar ao nosso país que é possível fazer uma revolução sem armas e sem sangue”, destacou.

Para ela, a Organização dos Estados Americanos (OEA), não conseguirá classificar o golpe como golpe. “Vão reconhecer que foi uma expressão máxima da República”, falou.

Ela ainda deseja que o interino “faça um governo da virada, que demonstre que tem capacidade de ser estadista.”

Revolução. Michel Temer. Estadista.

A ascensão da quadrilha do PMDB, que teve a mão de Janaína, Miguel Reale Jr. e Hélio Bicudo, vai para a conta de todos nós. Bicudo já externou num vídeo sua preocupação com a corrupção do novo governo (vamos dar de barato que ele não estava sendo cínico).

Não dou muito tempo para Reale Jr. surgir com um mea culpa parecido. Vai sobrar a doutora Janaína segurando a bandeira. A canalha golpista poderá contar com uma louca que só enxerga cobra na frente (aliás, e os pobres alunos dessa senhora?).

Janaína tem absolutamente tudo a ver com a gangue e merece um cargo de honra na “revolução” dos velhos canalhas. Chama ela, Temer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *