Nada deve surpreender num governo do PMDB (clóvis veronez)

natureza

Conspirar? Trair? Isso não é surpresa para ninguém.

O governo Temer, nasceu moribundo, está agora sob a extrema-unção da midia que o apoiou, tecnicamente morto.

A tal salvação nacional é, agora, um movimento inerte de salvação própria.

A conversa, entre os golpista, revelada na Folha, confirma o que já se sabia: O golpe foi Golpe.

A diferença, agora, é que isto foi claramente exposto por Jucá, um dos articuladores do impeachment e espécie de primeiro ministro de Temer.

O objetivo, aquele moralismo de ordem e progresso, nunca desejou combater a corrupção. Ao contrário foi colocar os corruptos sem voto no poder. Foi, sim, preservar corruptos como o próprio Jucá e tantos outros.

Temer, por exemplo, foi definido como “homem do Cunha”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *