TEMER VAZA A DEMISSÃO DE JUCÀ: O PRÓXIMO VAI SER ELE

extra

Pablo Jacob | Agência O Globo

 

URGENTE: Acabo de falar com o presidente Michel Temer, que me disse que vai esperar a coletiva de Jucá para poder se posicionar sobre a gravação.

— E se as explicações não forem convicentes, o senhor vai demití-lo?

— Acredito que ele próprio o fará.

Temer reafirmou seu compromisso com a independência da Lava-Jato, dentro dos valores que tem pela moral pública* e lembrou que a queda do governo ao qual sucedeu ocorreu justamente por isso.

Informou ter conversado mais cedo com Jucá, quando este lhe informou da coletiva.

— É preciso dar ao ministro Jucá o direito de defesa. E é o que ele pretende fazer nessa coletiva. Vamos aguardar o desdobramento disso durante o dia — disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *