A astúcia politica de Eduardo Leite: se a Paula não ganhar, não foi ele que perdeu (clóvis veronez)

diferentão
Astúcia:

1. qualidade de alguém astuto, esperto, sagaz, inteligente, sábio
2. faculdade adquirida em enganar

O prefeito Eduardo Leite anunciou, em vídeo publicitário, sua decisão em não concorrer a reeleição. Tendo em vista o impacto eleitoral, tratou de criar uma justificativa astuta, em síntese:

  • Pelotas me elegeu porque estava farta da velha política
  • Não me elegi para me perpetuar na prefeitura, apegar-me a cargos e salários.
  • As pesquisas mostram aprovação ao meu governo.

Eduardo assumiu, com a decisão, uma linha personalista de construção politica – da sua construção política. Mira os próximos passos de uma carreira ambiciosa. Portanto, cabe avaliar seu discurso a partir dessa perspectiva e não das palavras contidas naquele vídeo construído em função do marketing publicitário, alias, com recursos do contribuinte. Bem próprio da “nova” política que pratica.

Eduardo é inteligente e astuto na sua forma de falar para seus convertidos e na perspectiva de produzir engano geral. Ao suprimir o “telhado de vidro” do exercício como prefeito, faz profissão de fé em algo que supõe mais fácil: o estrelato nacional como futuro próximo.

Ora, ora, outro cargo e um salário melhor.

Pouca ou nenhuma importância concedeu ao PSDB local, que esperava dele uma solidariedade maior, relativa a conduta partidária – Não vou e pronto, não adianta espernear.

Outro aspecto é o fato de que, isso não falou Eduardo, ao referir-se as pesquisas, em uma disputa de segundo turno não venceria ninguém, neste momento. Mais: que 52 % dos eleitores locais dizem que não votariam nele em nenhuma hipótese. Ou seja, seu potencial eleitoral, medido, agora, em abril, não lhe possibilitaria a vitória no pleito de outubro.

Assim, se Paula Mascarenhas não vencer a eleição, não foi o “diferentão” que perdeu.

Nesse aspecto, segue a sina de Aécio Neves que já ganhou mesmo sem ter ganho.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *