Temer traidor e, agora, oportunista.

chega

O anúncio de criação de departamento na Policia Federal para tratar de casos de estupro, revela a desesperada tentativa de melhorar a imagem do interino Temer – “tomaremos medidas”, disse o oportunista.

O  presidente em exercício “lamentou” o estupro coletivo de uma jovem no Rio de Janeiro e anunciou que criará um departamento na Polícia Federal para esse tipo de crime.

Obviamente isso tem a cara do oportunismo inócuo.

Estranho é que faça isso depois de extinguir o Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos.

Um estupro a cada duas horas no Brasil, não é caso de polícia federal, nunca será.

Muito mais relaciona-se a uma cultura de dominação machista, que o “interino” Temer tão bem representa.

***

Dilma Rousseff, manifestou solidariedade à jovem de 16 anos estuprada por vários homens no Rio de Janeiro. Em sua página no Facebook, Dilma classificou o ato dos 33 agressores de “barbárie”.

“Mais uma vez reafirmo meu repúdio à violência contra as mulheres. Precisamos combater, denunciar e punir este crime. É inaceitável que crimes como esse continuem a acontecer. Repito, devemos identificar e punir os responsáveis”.

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *