Deprimente espetáculo

aaaaaa

Acontecendo, agora, no mercado público de Pelotas, um espetáculo deprimente.

Todo contingente policial da cidade, incluindo pelotão de choque, brigada militar, polícia civil e guarda municipal para “proteger”, numa operação de guerra, a estupidez de um show de gosto duvidoso e custo astronômico.

O apresentador, ridiculamente vestido de havaiano, demonstra desconhecer a realidade da produção cultural local. O som em volume insuportável faz-se desnecessário ao que se assiste.

Em meio ao público, animadores distribuem tochinhas luminosas, incentivando a burla a dançar uma coreografia, não menos ridícula e humilhante, que surge do palco.

De outro angulo, o aparato repressivo, cerca todo o entorno. Está, ali, montado para impedir protestos durante a “micareta” sem graça. Um grupo que portava “Fakes” da tocha, tentou protestar, foi imediatamente dispersado e, os que tentaram registrar o momento, inibidos de pronto pelo contingente policial.

A chave de ouro, no entanto, foi a atleta entusiasmada que não largou o microfone, até que lhe fosse retirado.

Absolutamente dispensável.

Quanto custa essa palhaçada?

aaaaaa

1 de maio 0031 de maio 002

O grupo abaixo furou o cerco e protestou.

Protesto 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *