Protestos contra Michel Temer no 7 de Setembro são outras dezenas

Preste atenção no paragrafo inicial da matéria do G1 sobre a presença de pessoas nas manifestações. O texto justifica o crescente descrédito na cobertura jornalistica da Rede Globo.
 “Até as 19h30, cerca de 191 mil pessoas participavam dos atos segundo os organizadores e 4 mil pessoas de acordo com a Polícia Militar. Quarenta e cinco cidades registravam manifestações até o horário.” (G1)

Evidentemente a chamada não tem objetivo de informar sobre a dimensão e o alcance das manifestações. Seu objetivo é confundir. Ciente de que suas “ovelhas” não avançam o primeiro parágrafo, aposta na estupidez do leitor e na credibilidade, em baixa, da polícia.

O pior e o que torna a matéria mais facciosa são os dados a presentados sobre cada local de manifestação.

Por exemplo: o segundo paragrafo já contesta o primeiro e outra vez tenta confundir. Desta vez com expressão parecida com a do presidente pirata – “são algumas dezenas”.

“O maior ato contra Temer era registrado às 16h em Salvador (BA) – a organização diz que 100 mil pessoas participavam do ato e a Polícia Militar não tinha informações sobre o número de pessoas. As demais manifestações até esse horário, entretanto, eram bem menores, com algumas dezenas de pessoas participando.” (G1)


Protesto é organizado por movimentos sociais e sindicais (Foto: Henrique Mendes/ G1 )

Protesto em Salvador 

Participantes do 22º Grito dos Excluídos na Ponte Duarte Coelho, no Centro do Recife (Foto: Danilo Tenório/TV Globo)

Manifestantes  no centro do Recife 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *