Que nossas vidas sejam nossas (clóvis veronez)

if

Um grupo de estudantes, ocupou, neste momento, as instalações do campus do IFSUL em Pelotas.

ifi-2

A ocupação local, segue uma tendência nacional que alça o movimento secundarista a condição de vanguarda estudantil, no contexto da luta de resistência democrática na atualidade brasileira. São, neste momento, mais de 500 escolas ocupadas.

A ação dos movimentos secundaristas é inédita, no que se refere ao quadro da participação politica dos movimentos estudantis ao longo da história brasileira, quase sempre, pautado nas universidades. De outro prisma, representa um alento ao imobilismo nas instituições de ensino superior.

Como todo fator inédito, a mobilização e a capacidade de luta dos secundaristas, entre eles os do IFSUL, embaraça o planejamento golpista que fracassou na tentativa de entorpecer a consciência desta parcela da juventude. As forças “midiotizantes” não avaliaram ou menosprezaram a força desta insurgência que reage com radicalidade à ruptura da constituição e da democracia.

ifi-1

A vitalidade do movimento secundarista põe em cheque a legitimidade e a aceitação de um governo usurpador mas, sobretudo, pode tornar verossímil a sociedade como um todo, a narrativa histórica sobre o caráter golpista do impeachement fraudulento da Presidente Dilma.

No tempo que está por vir, a história reportará os acontecimentos de 2016 como de fato são: um golpe da plutocracia contra a nação. Coloque-se boa parcela disso na conta desses jovens e no movimento que já é tratado como ” A primavera secundarista”.

A pauta geral da ocupação é a defesa do ensino público, gratuito e de qualidade, contra a MP da reforma do ensino, contra a PEC 241 e o pl 257 que limitam os gastos públicos na educação.

Eu acredito é na rapaziada
Que segue em frente e segura o rojão
Eu ponho fé é na fé da moçada
Que não foge da fera, enfrenta o leão
Eu vou à luta com essa juventude
Que não corre da raia a troco de nada
Eu vou no bloco dessa mocidade
Que não tá na saudade e constrói
A manhã desejada

(Gonzaguinha)

Todo apoio a ocupação do IFSUL

 

(Ilustração / oficina de estórias em quadrinhos no IFSUL)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *