Entrevista exclusiva do presidente Temer ao Observatório Pelotas (clóvis veronez)

No salão de espera do palácio, cuidadosamente preparado, aguardamos a chegada do velhote presidente.  recebemos a noticia de que não tardaria e, mais: um agrado estava sendo preparado para a equipe do observatório. O que seria?

9 Oba! Na nossa cabeça, algo do tipo uma comilança daquelas – tipo aquela oferecida aos deputados, em troca da PEC do fim do mundo, dias atrás. Nada disso!

 Temer é, mesmo, previsível…

1coxaCapaz de despertar lembranças tenebrosas.

 Seguimos, então, para a sala onde ocorreria a entrevista. Ao cruzar com a foto da presidenta eleita, um estupro aos ouvidos:

presidentePresidente fora Temer – É um exagero, um culto a personalidade… Esta faixa presidencial, somente, usa-lá-ei no momento em que entregá-la-ei ao meu sucessor, considero um sinal de soberba.

Agora, na sala, recusa-se sentar à mesa de trabalho do gabinete presidencial no Palácio do Planalto, usada diariamente por Dilma nos mais de cinco anos como presidente.

Observatório – O sr é supersticioso?

Presidente – (fazendo graça) “Nunca consegui detectar”.

Observatório – Presidente: o sr poderia fazer uma avaliação do estágio atual do seu governo?

presidentePresidente fora Temer – Bem! Iniciá-la-ei, evidente, com uma mesóclise, e continuarei dizendo que : o governo anterior, os que nos antecederam…aqueles antes de nós, o ex governo, veja bem o governo anterior

4567

(a entrevista já tinha mais de muitos minutos)

Observatório– (perplexo)Presidente: Porque o Sr evita citar nominalmente, Dilma. a presidenta eleita?

11                     

presidentePresidente Fora Temer – (contrariado) Isso não ReSpOnDÊ_LO_eI!

Observatório – (conformando-se) Então tá. Vamos mudar de assunto… Presidente: sobre seu encontro com o Putin na reunião dos Brics, o quê o Sr declara?!

 

 Presidente fora Temer – (envaidecido)12 Primeiramente estive com o ministro indiano. Mas,  “não só o ministro indiano se interessou, como durante um almoço o ministro Putin… o presidente Putin se interessou vivamente, tanto que eu dei explicações as mais variadas sobre o nosso projeto”,14

(pausa para fantasiar)

No jantar, ( presidente se referiu ao almoço como “um jantar”) concluímos: “Há uma identidade muito grande de questões econômicas entre a Rússia e o Brasil”.

Expliquei que a dívida bruta brasileira é quase 70% do PIB, “um índice altíssimo”. “Na Rússia, me disse ele (Putin), igualmente. E o déficit de R$ 170 bilhões representa no nosso caso 1,8% do PIB, e na Rússia representa 2% ou 2,1%. De modo que, como havia essa identidade, nós conversamos muito sobre o teto dos gastos públicos. Percebo que ele se interessou. Agora não sei o que ele fará.”

(nova pausa de tensão, para voltar a falar com afeto desmedido)

“Não vou nem dizer simpatia, mas acolhimento e compreensão das palavras que digo”, corrigiu-se a seguir. E então voltou a falar de Putin ao mencionar que propôs a aproximação “dos povos dos Brics”: “O interessante é como isso foi bem acolhido e foi até objeto de manifestação do presidente Putin quando nós fizemos a segunda plenária dos Brics”, contou.

9 Mas. sr mentiroso, digo presidente…os jornais publicaram um desmentido do presidente Putin, sobre esse encontro. Segundo Putin, nunca ocorreu.

12 Ora. ora, ora…Sou suficientemente íntimo do ministro, digo presidente Putin para dizer, veja bem. e dize-lo-ei que o ministro Putin tem, digamos, lapsos de memória: é desculpável.

Observatório9 Uauu! Parabéns, sr mentiroso. Digo, sr presidente. Vamos ao próximo ponto – E a Marcela?

Perguntado sobre a primeira-dama, Marcela Temer, o presidente corou, riu, olhou para baixo e citou que estão casados há 14 anos, para justificar que não sente ciúme da bela advogada de 33 anos. 

presidentePresidente Fora Temer — Ela é muito discreta, graças a Deus. E eu mantenho muito a discriçãoirma

0

                    o

                                                              0

                             15

      — emendou.

9Um detalhe: Ao longo da entrevista, evitou o uso de mesóclises, mas perguntado, brincou.

Tentá-lo-ei não fazê-lo — 16disse ( gargalhando)

O observatório, obsequioso, pergunta:

9Observatório- Ela tem formação?

presidentePresidente Fora Temer- Tem. Ela é advogada, né, e tem muita preocupação com as questões sociais (garante o velhote)

Momento de constrangimento

Lembram do mordomo? Aquele negro que servia a Dilma e que foi escorraçado do Planalto. não sabemos como foi parar lá, mas o sujeito da janela, com um megafone solta o BERRO!!  

mordomo

Mordomo- É mentira. Marcela é bacharel, mas nunca advogou na vida. Formou-se em Direito por uma faculdade particular de segunda linha e, segundo ela mesma, não prestou o exame da OAB porque foi cuidar do filho Michelzinho. A única área social que preocupa Marcela é, provavelmente, a da entrada de serviço dos empregados de sua casa.

(infelizmente não foram  comprados os foguetes, tal qual na olimpíada, para silenciá-lo)

Presidente Fora Temer-Coisa de  estudante secundarista. O governo que nos antecedeu, com sua mania de por esses pretos pobres e favelados na escola foi dar nisso.presidente

Depois do fato o mentiroso, digo presidente FORA TEMER fez três citações em latim, inclusive a usada na abertura da carta que escreveu a Dilma, em dezembro do ano passado, reclamando do tratamento reservado a ele: “verba volant, scripta manent” (palavras faladas voam, a escrita, permanece), disse novamente, ao afirmar que se viu obrigado a manter os aumentos salariais a alguns setores feitos por escrito pela petista antes do afastamento. E quando afirmou ter sido cauteloso no período de interinidade, recitou um ditado espanhol: “Se quieres conocer a fulanito, dale um carguito”. Também usou expressões formais, como o “data venia” e o “sem embargo”, explicando que a formalidade vem da época em que lecionava Direito Constitucional.

presidenteAs pessoas criticam por que eu falo o português naturalmente. Não pense que não erro. Dei aula por 30 anos. Eu dizia, o advogado lida com a palavra. Vocês têm que ler muito. A leitura vai fazer com que vocês nem precisem das regras. Então, eu falo um português razoavelmente adequado — disse.

O presidente se mostrou descontraído em várias ocasiões. Contou que um jornalista procurou a Secretaria de Comunicação do Planalto questionando se, na viagem à China, a primeira que fez após assumir definitivamente a Presidência, iria comer em restaurantes e se hospedar em um hotel.

presidenteAté disse ao Márcio (Freitas, secretário de Comunicação), é melhor responder que vou comer sanduíche e que vou montar uma tenda lá, porque não vou ficar num hotel — disse, o mentiroso, digo presidente, irônico.

The End

(Tudo que começa tem que terminar)

Temer trabalha em uma grande mesa redonda de madeira e senta-se na cadeira de espaldar mais alto, entre as doze ao seu redor

Ao fim da entrevista, soltou que, quando despacha na mesa presidencial e ela tem todos os assentos ocupados, sente-se como o imperador Carlos Magno.

presidenteEu me sinto, aqui, como Carlos Magno. Quando eu tinha 11 anos de idade, eu ganhei um livro chamado [REI ARTHUR]presidente“Carlos Magno e os 12 cavaleiros da Távola Redonda” e eu li aquele livro e era assim: os doze cavaleiros”.

presidente‘Me digam qual é o golpe? Eu só quero governar’

‘Me digam qual é o golpe? Eu só quero governar’ 

Vamos salvar o Brazil !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *