O espetáculo de Daniel (da TV) Trzeciak, tecnicamente, denomina-se campanha permanente (clóvis veronez)

daniel

A renúncia de uma ínfima parte dos recursos destinados ao seu gabinete é um movimento calculado, para render o máximo de exposição possível, diante de uma perspectiva bem definida: “Terminada a eleição, começa a eleição” (receita bem conhecida do marketing político) 

Exposição na tv, posts patrocinados na internet, matéria de destaque na mídia impressa, tudo isso tem um custo, evidente que muito maior do que a “renúncia” em questão. Na verdade ela representa, algo em torno de 1% daquilo que o vereador recebe para manutenção das suas atividades parlamentares. O custo é baixo e o retorno garantido, calculou o da TV!

Daniel, faz parte de uma geração de figuras públicas que apostam sua imagem na negação da sua própria função social.  Vale-se de uma hipocrisia que mira o analfabetismo político e deposita fichas na alienação que invade a cena brasileira.

A soma nessa conta  é  óbvia e simples: 2018 é logo ali e eu to nessa!

Daniel, tal qual Paulo Brito, Lasier Martins e Ana Amélia, é mais um produto embalado na fabrica da RBS.

Ele sabe disso e aproveita da forma mais oportunista ao seu alcance. E, tem mais, Daniel da TV já está ensaiando, nos bastidores, a próxima cena desse espetáculo medíocre.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *