Potencializar a Greve Geral ao seu máximo limite (clóvis veronez)

geral

A greve é, no mínimo há três séculos, o mais importante instrumento de luta dos trabalhadores.

Na próxima sexta-feira (28), os trabalhadores devem cruzar os braços para defender os seus legítimos direitos, frente aos ataques que lhes impõe o ilegitimo e golpista governo Temer.

A Greve Geral é um passo decisivo da luta contra o desmonte da legislação trabalhista, do ataque aos direitos previdenciários e pelo retorno da democracia.

Para isso é necessária uma ação consequente, no sentido de ampliar sua força e para que seus objetivos sejam alcançados. Necessário também, avançar na construção da unidade do campo popular.

Um caminho para isso é a formação de comandos municipais e unificados da “greve geral”, envolvendo a conjunto das forças que a convocam, com vista otimizar seus recursos materiais e humanos nas ações da próxima sexta feira.

O planejamento comum e antecipado, potencializa no limite máximo, aquele que será o mais importante momento da história recente recente da luta de resistência contra os golpistas.

A greve, do dia 28, vem como espaço prioritário para elevar a consciência crítica da população em contraponto a narrativa golpista. É a oportunidade para a cidadania se perceber como conjunto transformador.

Perceba-se, então!

 

 

Um comentário

  • Custódio Josefino da Silva

    Só a união faz a força, contra as reformas que colocarão o Brasil de novo ao século XIX, o que precisamos é Fora Temer, Fora atuais congressistas, Fora Sartori e Fora Paula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *