A reforma trabalhista é a prioridade dos golpistas (clóvis veronez)

“A reforma trabalhista será muito relevante para o setor privado”, disse Roberto Setubal, presidente do Itaú, em seminário do banco na semana passada. “Haverá ganhos de 
produtividade, ainda mais se houver um presidente que dê continuidade [às reformas]”, completou o banqueiro.

cari

Mais de 200 alterações na legislação trabalhista, serão votadas “à toque de caixa” por um congresso comprado.

O Governo tem pressa e opta por priorizar  as alterações na relação capital/trabalho, que estão em perfeita sintonia com as forças que patrocinaram o ataque a democracia e continuam lhe emprestando apoio, mesmo que diante da avassaladora rejeição na sociedade.

Temer conta com o consentimento de quem administra as grandes fortunas, sente-se à vontade para tocar projetos impopulares, mas de enorme prestígio junto aos rentistas.

***

A tendência geral do capitalismo atual, em função do acirramento da concorrência internacional e da expansão das relações capitalistas em praticamente todas as áreas físicas do planeta, é a de reduzir os mais amplos contingentes populacionais à condição de força de trabalho plenamente disponível e livre para servir aos interesses e às necessidades do capital.

É da lógica capitalista, em períodos de crise e nas condições de uma concorrência entre monopólios, uma tendencia de investimentos em capital constante (máquinas, instalações, novas matérias primas, etc) e menos em capital variável (compra da força de trabalho).

A reforma trabalhista é o atalho prioritário para destruição dos laços sociais e ordenamentos jurídicos que, ao longo da história de brasileira constituem a força simbólica da classe trabalhadora, tendo funcionado até agora como freio à dominação irrestrita do trabalho pelo capital.

Assim, os fatos da semana na câmara dos deputados, foram passos gigantescos para colocar os trabalhadores de joelhos diante do mercado. A tradução mais nítida dos objetivos que conduziram os golpistas até esse momento.

À GREVE!

Um comentário

  • Custódio Josefino da Silva

    O vampiro e seus comparsas golpistas são úteis apenas para os banqueiros, a grande mídia e seus asseclas. Para essa gente, o povo que se lasque. É greve geral e Fora Temer, Sartori e Paula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *