Moro x Lula: o jogo tal como é e o previsível resultado (clóvis veronez)

logo observatório
Um duelo entre super pesos pesados da política brasileira. Isso é o que, na verdade, ocorrerá hoje em Curitiba. Apesar de que, um dos adversários ocupe um palanque travestido de tribunal.

Não será o último round. Ainda outros virão!

Lula não será condenado agora à tarde, mas será e, disso, ninguém deve duvidar. Moro vai condenar Lula, não lhe resta outra alternativa. A tribuna Moro representa a última e poderosa trincheira da reação histórica e do poderio que engendrou o golpe contra a jovem e instável democracia brasileira. É, ao cabo, sua “justificativa moral” e seu objetivo estratégico.

A “conversa” da direita, apoiadora de Moro, é acusar o “outro lado” de tentar politizar o evento planejado para Curitiba. A estratégia do campo popular é essa mesmo: atuar para que a cidadania perceba como essencialmente politico, o cenário do depoimento. Enfim, é também político e suspeito, o Juiz que apita enquanto joga.

Lula tem se mostrado um guerreiro. Sabe que não pode condenar seu adversário político (Moro) com uma caneta. Por isso, age para que a história o faça o mais breve possível, no terreno político.

Moro, condenará Lula, com a caneta e atua midiaticamente, para que o presente lhe confira autoridade para fazê-lo. Tal como Lula mira a disputa politica. Sua tarefa é prá já, tem status de prioridade, para as forças que representa: tirar Lula da disputa presidencial.

É assim mesmo: de um lado o povo na rua, do outro a tentativa de esvaziá-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *