A direita partida e gol de cabeça (clóvis veronez)

gol de cabeça

O que se passa nos “quarteis midiáticos” do golpe, precisaremos de tempo para melhor entender. Por enquanto, fico com uma hipótese básica: Os boys de Curitiba estão falhando na sua missão primeira: desconstituir a simbologia incorporada à figura politica de Luiz Inácio da Silva. Para o povo, simplesmente o Lula.

O Reinaldo Azevedo, da revista Veja, sabe-se lá por qual interesse ferido, cumpre o papel de porta voz de um setor  entre os golpistas não contemplados na divisão do saque ao estado.

Seu papel é o do bobo na farsa. Anima a festa mas fica descartado do banquete. Faz oposição de direita, reivindica para si o objetivo da missão _aniquilar a esquerda e o Lula_, porém, discute o método.

É um pulha, talvez só mais um bolsinha, mas cria uma divisão na base “pirata” do campo anti democrático. Isso é significativo pelo viés da disputa comunicativa.

Só por isso veio parar aqui.

Ilustração de 

Último lance da partida. Gol de cabeça.

 

coluna de Reinaldo Azevedo em 11/05

Nem Moro esmagou Lula nem o inverso. Mas só um feriu a lei ontem

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *