O RIO DAS DIRETAS (clóvis veronez)

O som da rua, a força da poesia e o encanto da democracia, tornaram ainda mais belo o cenário de Copacabana no dia de domingo.

O canto de protesto do Rio de Janeiro será amplificado em toda parte. Amplificado na atitude e no gesto daquele “mar-de-gente”.

O Rio das Diretas foi uma resposta às agressões e a truculência de Brasilia.

Ao dançar, pedindo a saída do golpista presidente, dissipou a cerração. Faria também, com qualquer outro gás de estupidez que houvesse.

O Rio das Diretas é o caminho para o Brasil das Diretas:

amplo

democrático

desobediente

Irresistível!

FORA TEMER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *