Correio do Povo: Ação da Brigada Militar na ocupação Lanceiros Negros em POA

Deputado Jeferson Fernandes é preso em desocupação no Centro da Capital

Presidente da Comissão de Direitos Humanos da AL foi algemado durante investida da BM

Presidente da Comissão de Direitos Humanos da AL foi algemado durante investida da BM | Foto: Mauro Schaefer

Presidente da Comissão de Direitos Humanos da AL foi algemado durante investida da BM | Foto: Mauro Schaefer

O presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Jeferson Fernandes (PT), foi detido durante ação da Brigada Militar na ocupação Lanceiros Negros, no Centro de Porto Alegre. De acordo com sua assessoria, ele foi algemado “ao tentar negociar pacificamente com o comando da BM”, no início da noite desta quarta-feira.

Em nota, a assessoria classificou a situação de “abuso de poder” numa “ação arbitrária foi avalizada pelo oficial de justiça que cumpriria a reintegração de posse do local”. Ele recebeu o apoio da vereadora Sofia Cavedon, que estava no local: “Uma retirada brutal desse jeito é uma violência de estado, inclusive contra mulheres e crianças”, destacou a parlamentar. “São pessoas sem casa para morar, habitação não existe na cidade de Porto Alegre”, criticou.

Após breve tentativa de comunicação da reintegração de posse, o Batalhão de Operações Especiais da BM foi acionado. Imediatamente, lançou bombas de gás lacrimogênio e usou gás de pimenta na tentativa de dispersar os ocupantes. Alguns saíram, outros entraram para outros cômodos do prédio. Em frente à porta de entrada, Fernandes foi subjugado pelos policiais e detido.

A ação de reintegração de posse do prédio ocupado pelo movimento Lanceiros Negros começou por volta das 19h30min. Os policiais cercaram ruas ao redor e, com apoio de helicóptero, iniciaram a operação. Por volta das 19h50min, eles derrubaram a porta do prédio e entraram no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *